Você está aqui: Página Inicial Boletins Arquivos de boletins 2009 Linha do tempo do trabalho voluntário no Brasil
menu

sobre.jpg

boletins.jpg

cultura.jpg

galeria.jpg

legislacao.jpg

links.jpg

praticas.jpg

transparencia.jpg

semana.jpg

Banners

 banner-calendario-pga.jpg

turminha.jpg

banner-pequeno-novo-zecologico.jpg

 

Linha do tempo do trabalho voluntário no Brasil

Seja Voluntário: Linha do Tempo

Fragmentos da História do VOLUNTARIADO NO BRASIL

 

1543 -  É fundada na vila de Santos a Santa Casa de Misericórdia, primeiro núcleo de trabalho voluntário no Brasil.
 
 
1908 -   A Cruz Vermelha chega ao Brasil.
 
 
1910 -   O escotismo se estabelece no Brasil para “ajudar o próximo em toda e qualquer ocasião”.
 
 
1935 -   É promulgada a Lei de Declaração de Utilidade Pública, para regular a colaboração do Estado com as instituições filantrópicas.
 
 
1942 -   O presidente Getúlio Vargas cria a Legião Brasileira de Assistência - LBA.
 
1961 -   Surge a APAE para incentivar a assistência aos portadores de deficiência mental.
 
1967 -   O Projeto Rondon, que leva universitários voluntários ao interior do país.
 
1983 -   A Pastoral da Criança é criada com o objetivo de treinar líderes comunitários para combater a desnutrição e a mortalidade infantil.
 
1990 -   Na década de 90, o voluntariado começa a ser valorizado pelas empresas.
 
1993 -   O sociólogo Herbert de Souza cria a Ação da Cidadania Contra a Fome e a Miséria e pela Vida e organiza a sociedade com o objetivo de combater a fome.
 
1995 -   O Conselho da Comunidade Solidária incentiva a participação da sociedade civil em projetos sociais.
 
1997 -   São criados os primeiros Centros de Voluntariado do Brasil.
 
1998 -   É promulgada a Lei do Voluntariado - Lei 9.608, que dispõe sobre as condições do exercício do serviço voluntário e estabelece um termo de adesão.
 
2001 -   O Brasil destaca-se entre os 123 países participantes do Ano Internacional do Voluntário, criado pela ONU. Neste ano, a Pastoral da Criança é indicada ao Prêmio Nobel da Paz, pelo trabalho realizado por seus 150 mil voluntários.
 
2002 -   A ONU escolhe o Brasil para apresentar o relatório final do Ano Internacional do Voluntário. Milú Villela, presidente do Centro de Voluntariado de São Paulo e do Instituto Faça Parte é a primeira mulher da sociedade civil a discursar na Assembléia Geral da ONU e apresenta a proposta de que o voluntariado continue a ser considerado como estratégia de inclusão e desenvolvimento social. Esta proposta recebeu a adesão de 143 países.

 

Fonte:  http://www.voluntariado.org.br/

Ações do documento
Ferramentas Pessoais